Informação sobre sífilis, causas, sintomas e tratamento da sífilis, abordando a sífilis primária, secundária, terciária e sífilis congênita.


Prevenção e controle da Sífilis

A transmissão sexual pode ser prevenida através do uso de preservativos.
A transmissão vertical pode ser prevenida através do rastreada durante o pré-natal das gestantes, que devem ser tratadas assim que estabelecido o diagnóstico.
As lesões iniciais são contagiosas e devem ser examinadas com luvas.
Em Saúde o objetivo do controle da sífilis é a interrupção da cadeia de transmissão e a prevenção de novos casos,
Evitar a transmissão da doença consiste na detecção (Exames) e no tratamento precoce e adequado do paciente e do parceiro, ou parceiros. Na detecção de casos, a introdução do teste rápido em parceiros de pacientes ou de gestantes poderá ser muito importante. O tratamento adequado consiste no emprego da penicilina como primeira escolha e nas doses adequadas. Em situações especiais, como aumento localizado do número de casos, o tratamento profilático poderá ser avaliado.
A prevenção de novos casos deverá ter como estratégia a informação para a população geral e, especialmente, para as populações mais vulneráveis (prostitutas, usuários de drogas intravenosas, etc.) sobre a doença e as formas de evitá-la. É importante o aconselhamento ao paciente procurando mostrar a necessidade da comunicação ao parceiro e o estímulo ao uso dos preservativos na relação sexual. A reciclagem constante e continuada das equipes de saúde integra esse conjunto de medidas para prevenção e controle da sífilis. As estratégias de prevenção da sífilis, tem como objetivo salvaguardar a Saúde da Mulher e do Homem.
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL